Pular para o conteúdo principal

#RECICLATERAPIA

Dia de Reciclagem na Vitrine do Artesanato!

Ainda em clima de Dia Das Mães, a Vitrine em parceria com nosso divertidíssimo Professor Sassá está trazendo dicas para as crianças criarem presentes para suas mães.



Uma forma divertida de incentivar a reciclagem e de receber aquele presente especial feito pelo seu filho.

Curtiram? Então chamem as crianças, separem os materiais e vamos fazer "arte"


Doce Corações
INGREDIENTES
  • 75 g de manteiga sem sal
  • 125 g de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 50 g de açúcar refinado
  • 1 gema
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 clara, em temperatura ambiente
  • 250 g de açúcar de confeiteiro peneirado
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • Gotas de corante alimentício na cor rosa
  • Açúcar cristal e confeitos diversos para decorar

PASSO A PASSO
  • Num recipiente, coloque a manteiga, a farinha e o fermento. Misture bem. Adicione o açúcar refinado, a gema e a baunilha. Misture tudo com as mãos, até que a massa fique homogênea, desgrudando dos dedos. Abra delicadamente com rolo, sobre uma superfície seca e enfarinhada, deixando-a com 0,5cm de espessura.
  • Corte as bolachas, usando um cortador em formato de coração. Coloque-as numa assadeira untada e polvilhada. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média (180º C) por aproximadamente 25 minutos ou até dourar.
  • Bata a clara em neve e vá acrescentando alternadamente o açúcar de confeiteiro e o suco de limão. Coloque o corante e mexa, até que a cor fique uniforme. Decore os biscoitos molhando-os no glacê. Passe no açúcar cristal ou nos confeitos.
  • Deixe esfriar e embale com papel celofane. Faça um laço para fechar o saquinho.   
  • Rendimento:30 unidades  

LEMBRE-SE
  • É importante que o professor coloque e retire as bolachas no forno, evitando que o aluno tenha contato com o fogo.Se utilizar a receita em casa, ressaltar que deve ser feita com o acompanhamento de um adulto.
Colar com rolinhos de papel 
LISTA DE MATERIAIS
  • Fio de náilon
  • Folhas de revista
  • Peças acrílicas nas cores vermelho e rosa  
  • Cola branca
  • Régua e lápis
  • Tesoura
  • Palito de dente
  • Pincel Condor 426-10
  • Cola instantânea
PASSO A PASSO
  • Corte triângulos no lado horizontal da página, deixando-os com a ponta bem fina. A medida do triângulo poderá variar de acordo com o tamanho desejado do rolinho.
  • Utilizando o palito, enrole a tira de papel da base maior para a menor, deixando a cor desejada para fora. A ponta menor da tira deve finalizar no centro do rolinho.
  • Cole a ponta da tira. Pressione para retirar o excesso de cola e fixar corretamente. É importante fazer este procedimento com a mão limpa, para evitar que as peças fiquem manchadas.
  • Retire o palito do rolinho com cuidado. Faça a quantidade de rolinhos de acordo com o tamanho desejado do colar.
  • Dilua a cola em um pouco de água e aplique nos rolinhos com o pincel, para impermeabilizar. Aguarde a secagem.
  • Coloque os rolinhos no fio de náilon, intercalando peças acrílicas.
  • Amarre dando 2 nós bem apertados e corte o excesso do fio. Para que o acabamento fique resistente, aplique uma gota de cola instantânea no nó.
DICA
  • Escolha páginas que predomine a cor que deseja dar à peça.

Embalagens para presente
  • Usando a tinta acrílica da Acrilex em cores diversas e a técnica da pintura com os dedos sobre o papel, invente motivos variados como corações, flores, borboletas, etc. Depois é só revestir embalagens de alimentos do dia-a-dia, reaproveitando-os em lindos presentes!



Quer receber dicas do Professo Sassá em sua casa o ano todo? Assinem sua revista Ideias para Escola com Professor Sassá que vocês encontraram no site da Vitrine do Artesanato!





Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo de cartonagem - Porta Moedas

Olha só que porta moedas lindo! Vamos aprender a fazê-lo com este passo a passo incrível da Érika Martins?

1) Cole as duas partes de mesma largura num  papel sulfite, para fazer a coifa.
2) Deixe margem de 0,5cm entre elas.
3) Faça o mesmo com as outras duas partes,  repare que há dois tamanhos, um para a parte  interna e outro para aparte externa.
4) Passe cola no cartão e na com  bastante atenção para a coifa.
5) Use o rolinho para tirar o excesso de cola e  evitar manchas no tecido.
6) Cole o tecido no cartão.
7) Com a espátula, marque bem a coifa.
8) Alise bem o tecido para evitar bolhas.
9) Nas pontas quadradas, corte o excesso de tecido  na diagonal, deixando uma pequena margem.
10) Na parte redonda faça picotes  com a ponta da tesoura.
11) Passe cola e vire as bordas do tecido,  com ajuda da espátula.
12) Faça o mesmo para a parte  interna e a externa também.

O que é cartonagem?

Vamos falar sobre Arte, vamos falar um pouco mais sobre a CARTONAGEM!
A cartonagem é uma técnica que possibilita a confecção vários objetos utilitários e decorativos. Usando como base o papel cartão cinza, de gramaturas variadas e cola branca. A forração dos projetos pode ser tanto em papel quanto em tecido.
Essa semana esteve no programa Arte Brasil a artesã Claudia Wada (http://cursosbyclaudiawada.blogspot.com/) que nos trouxe uma idéia de carteira incrível, usando a técnica de cartonagem. Olha que linda a peça que ela criou:




Gostou?
Linda né? e é muito fácil produzi-la, basta ter os materiais necessários e seguir o passo-a-passo. 
Saiba como adquirir os materiais para a produção deste kit clicando aqui http://migre.me/41Qt5


Um ótimo final de semana e até a próxima





Passo-a-passo exclusivo Almofada em Capitonê

Confira a seguir um passo-a-passo exclusivo de uma almofada lindíssima em ponto Capitonê.

Para produção da peça, você irá precisar: - 1,10 M DE TECIDO OXFORD;
- RÉGUA PARA CAPITONÊ DE 3 CM;
- AGULHA DE COSTURA;
- LINHA DE COSTURA NA COR DO TECIDO;
- 50 CM DE TECIDO TNT;
- MANTA ACRÍLICA SILICONADA;
- ZÍPER (DE 35 A 40 CM).

Passo-a-passo: Medidas:
Para parte da frente usar 64X64 cm, para quadricular de 3cm , mais 5m de borda de cada lado (total 74X74 cm)
Para parte traseira, após terminar o trabalho, medir e cortar a quantidade necessária , deixando a margem de costura das laterias e do Zíper

Risco: