Pular para o conteúdo principal

Você sabe o que é pessanka?



As pessankas são uma forma super antiga - dizem que data de aproximadamente 3000 anos antes de Cristo -  de expressão artística do povo da Ucrânia. Os ovos eram vistos como simbolo mágico, já que desta forma aparentemente simples, surgia a vida. Então fazia parte da tradição ucraniana pintar os ovos com cores e formas que expressavam votos e sentimentos.  


Aos poucos essa tradição enquadrou-se nos padrões do cristianismo e hoje figura como uma tradição de páscoa, as pessoas costumam presentear seus entes queridos com ovos coloridos, uma representação de tudo de bom que lhes desejavam. A tradição se matém até hoje na Ucrânia e os ovos são dados na páscoa e também em datas importantes, como forma de materializar tudo de bom que se deseja em casamentos, batizados e etc.


Querendo saber mais sobre pessankas?
Vai lá: http://www.pessanka.com.br/

O Centro Cultural CEE Erico Verissimo, e Porto Alegre, está com uma exposição de fotografias sobre a tradição das Pessankas de páscoa aqui no Brasil. A exposição termina no próximo dia 20 de Abril.

E amanhã, 15 de Abril, das 18h as 21h, eles oferecem a Oficina de Pessankas, onde você irá aprender os aspectos teóricos de práticos da arte milenar de pintar ovos. A professora Oliana Reszetiuk explicará a simbologia, as cores e os desenhos. Podem participar maiores de 14 anos e são 25 vagas.

Oficina de Pessankas, com Oliana Reszetiuk

Quando:15 de abril, quinta feira
das 18h às 21h.

Quanto: R$ 40,00 com direito ao material.


Onde: sala O Retrato, 4º andar,
Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV),
localizado à Rua dos Andradas 1223 – Centro Histórico
Porto Alegre - RS
Tel: (51) 3226-7974 ou 3226-5342

Postagens mais visitadas deste blog

Passo a passo de cartonagem - Porta Moedas

Olha só que porta moedas lindo! Vamos aprender a fazê-lo com este passo a passo incrível da Érika Martins?

1) Cole as duas partes de mesma largura num  papel sulfite, para fazer a coifa.
2) Deixe margem de 0,5cm entre elas.
3) Faça o mesmo com as outras duas partes,  repare que há dois tamanhos, um para a parte  interna e outro para aparte externa.
4) Passe cola no cartão e na com  bastante atenção para a coifa.
5) Use o rolinho para tirar o excesso de cola e  evitar manchas no tecido.
6) Cole o tecido no cartão.
7) Com a espátula, marque bem a coifa.
8) Alise bem o tecido para evitar bolhas.
9) Nas pontas quadradas, corte o excesso de tecido  na diagonal, deixando uma pequena margem.
10) Na parte redonda faça picotes  com a ponta da tesoura.
11) Passe cola e vire as bordas do tecido,  com ajuda da espátula.
12) Faça o mesmo para a parte  interna e a externa também.

O que é cartonagem?

Vamos falar sobre Arte, vamos falar um pouco mais sobre a CARTONAGEM!
A cartonagem é uma técnica que possibilita a confecção vários objetos utilitários e decorativos. Usando como base o papel cartão cinza, de gramaturas variadas e cola branca. A forração dos projetos pode ser tanto em papel quanto em tecido.
Essa semana esteve no programa Arte Brasil a artesã Claudia Wada (http://cursosbyclaudiawada.blogspot.com/) que nos trouxe uma idéia de carteira incrível, usando a técnica de cartonagem. Olha que linda a peça que ela criou:




Gostou?
Linda né? e é muito fácil produzi-la, basta ter os materiais necessários e seguir o passo-a-passo. 
Saiba como adquirir os materiais para a produção deste kit clicando aqui http://migre.me/41Qt5


Um ótimo final de semana e até a próxima





Passo-a-passo exclusivo Almofada em Capitonê

Confira a seguir um passo-a-passo exclusivo de uma almofada lindíssima em ponto Capitonê.

Para produção da peça, você irá precisar: - 1,10 M DE TECIDO OXFORD;
- RÉGUA PARA CAPITONÊ DE 3 CM;
- AGULHA DE COSTURA;
- LINHA DE COSTURA NA COR DO TECIDO;
- 50 CM DE TECIDO TNT;
- MANTA ACRÍLICA SILICONADA;
- ZÍPER (DE 35 A 40 CM).

Passo-a-passo: Medidas:
Para parte da frente usar 64X64 cm, para quadricular de 3cm , mais 5m de borda de cada lado (total 74X74 cm)
Para parte traseira, após terminar o trabalho, medir e cortar a quantidade necessária , deixando a margem de costura das laterias e do Zíper

Risco: